Alimentação saudável: a importância das cores na dieta

Laboratório Silveira Alimentação saudável, Dicas 12 Comentários

Você provavelmente já ouviu falar que a alimentação saudável ideal inclui legumes, frutas e verduras diversos e bem coloridos. Além de muito atrativas, as cores dos alimentos indicam os nutrientes, vitaminas e minerais que os compõem. Adicioná-los na dieta pode trazer vários benefícios para o seu organismo. Quer saber mais? Leia o post.

Alimentação saudável

Fazer refeições regulares e balanceadas é de extrema importância para o correto funcionamento do nosso corpo. Algumas vitaminas e minerais só podem ser encontradas em certos tipos de alimentos, e sem a ingestão em níveis suficientes o organismo começa a dar sinais de que está faltando algo. A diminuição da imunidade, problemas de saúde, perda de memória e piora no aspecto de pele, cabelo e unhas são alguns exemplos. Para melhorar a sua qualidade de vida, listamos os principais benefícios de alguns alimentos, separados por grupos de cor:

Brancos:

Os alimentos de cor branca são ótimos para a alimentação saudável. Eles são ricos em cálcio, potássio, vitaminas do complexo B e flavonoides. Juntos, todos esses componentes contribuem para a formação e manutenção dos ossos, na regulação dos batimentos cardíacos e na produção de células saudáveis, evitando o câncer e o desenvolvimento de doenças do coração. Eles ainda são fundamentais para o funcionamento dos sistemas nervoso e muscular, e na prevenção do envelhecimento precoce.

Alguns exemplos são: cebola, batata, inhame, couve-flor, banana e pera.

Roxos:

Aqui, o principal nutriente é o ácido elágico. Além de possuir ação antioxidante, impedindo o envelhecimento precoce, ele ajuda na prevenção do câncer de próstata e na garantia de uma pele sem manchas.

Alimentos com coloração arroxeada ainda auxiliam no emagrecimento, eliminando células gordurosas, acelerando o metabolismo e dando sensação de saciedade. Podem ser observadas, ainda, diminuições dos riscos de ataques cardíacos e a neutralização de substâncias cancerígenas.
Exemplos: Uva, ameixa, figo, jabuticaba e berinjela.

Siga nossas redes sociais e receba dicas rápidas que poderão lhe ajudar em todos os momentos.

Verdes:

Folhas e vegetais, facilmente reconhecidos pela cor verde, contêm uma excelente carga nutritiva, com altos níveis de ferro e fósforo. Para o organismo humano, isso significa o fortalecimento do sangue e dos ossos, e a eliminação do cansaço. A clorofila, responsável pela coloração desses alimentos, tem efeito desintoxicante das células, além de combater substâncias cancerígenas e proteger o coração, o cabelo e a pele.

Verduras e hortaliças verdes ainda são fonte de fibras, que regulam o intestino, e de vitamina A, que tem ação cicatrizante e antibacteriana.

Amarelos:

Alimentos amarelos e alaranjados são ricos em betacaroteno e vitaminas A e C. Eles ajudam a manter o “bronzeado” da pele e protegem a visão, prevenindo a catarata e a cegueira. Incluir a cor amarela nas suas refeições é fundamental para o fortalecimento do sistema imunológico. Exemplos: Abacaxi, manga, mamão, laranja, cenoura, pêssego e abóbora.

Marrons:

Aveias, castanhas, nozes e cereais integrais em geral possuem fibras, vitaminas do completo B e vitaminas E. Esses alimentos melhoram a função intestinal e também previnem doenças crônicas. Com funções antidepressivas e combatentes da ansiedade, são uma ótima opção para mulheres no período pré-menstrual. Por também serem compostos por carboidratos complexos, eles dão maior saciedade.

Vermelhos:

Morango, cereja, tomate, maça e melancia são alguns dos alimentos que contêm licopeno, uma poderosa substância antioxidante. Ela ajuda na produção de neurônios, excelente para a memória e previne doenças neurológicas como Alzheimer e Parkinson.

Uma dieta balanceada e colorida garante benefícios para todas as partes do nosso corpo. Por isso, o ideal é ter ao menos três grupos de cores em cada refeição. Além de diversificar nas tonalidades, varie também nos alimentos escolhidos para representar cada grupo. Cada um tem propriedades específicas.

Você conhece mais algum benefício desses grupos de alimentos? Compartilhe conosco deixando seu comentário abaixo.

 

Receba nossas novidades

Cuide bem da sua saúde. Inscreva-se em nossa newsletter e receba dicas de bem estar e cuidados para o seu dia a dia.Preencha os campos abaixo com o seu nome e e-mail.


Comentários 12

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *