Câncer: Dicas simples de como prevenir – Parte II

Laboratório Silveira Alimentação saudável, Câncer, Dicas 0 Comentários

Os pesquisadores do Observatório de Oncologia afirmam que, desde 1975, quando o Ministério da Saúde começou a operar o Sistema de Informações sobre Mortalidade, os óbitos registrados por neoplasias malignas, como o câncer, vêm crescendo rapidamente. Enquanto isso, as mortes causadas por doenças circulatórias, como o AVC, o infarto e a hipertensão, que atualmente são as maiores no país, vêm caindo.

Por isso, a estimativa para 2029 é de que 115 pessoas a cada 100 mil habitantes vão morrer em decorrência de câncer no Brasil. Já as doenças cardiovasculares vão fazer 13 vítimas fatais a cada 100 mil habitantes. Essa realidade pode ser mudada se adotarmos medidas mais eficazes de prevenção e controle da doença.  Essas medidas, entretanto, são simples, fáceis e estão ao alcance de qualquer pessoa. No post anterior apresentamos as três primeiras e neste post vamos apresentar as duas últimas, mas não menos importantes. Confira:

Mantenha hábitos saudáveis

Apenas controlar o peso corporal não garante uma boa saúde. Além da prática de atividade física regular, é necessário abandonar os maus hábitos e manter uma vida saudável diariamente.

O cigarro, por exemplo, aumenta o risco de câncer no pulmão em até 30 vezes. Também é responsável por 30% das mortes causadas por neoplasia. Apenas uma unidade da droga contém pelo menos 50 substâncias que podem provocar o câncer tanto em quem fuma quanto em quem está perto. Já um estudo feito na Nova Zelândia, revelou que o consumo de álcool está ligado ao aumento das chances de desenvolver pelo menos sete tipos da doença. E isso ocorre mesmo para quem bebe em pouca quantidade.

Até o ambiente ao qual a pessoa é exposta tem influência sobre as chances de desenvolvimento de câncer. A poluição do ar, o contato com locais insalubres e substâncias químicas são importantes fatores de risco.

Siga nossas redes sociais e receba dicas rápidas que poderão lhe ajudar em todos os momentos.

Faça consultas preventivas contra o câncer regularmente

Como a maioria dos tipos de câncer não apresenta sintomas, é importante detectar anormalidades o quanto antes para contornar a situação positivamente. Para alguns tipos da doença, há uma idade mínima recomendada para começar a fazer exames preventivos. O ideal é ficar sempre atento a qualquer mudança no comportamento corporal e fazer consultas médicas de forma regular.

Um dos fatores de risco do câncer é o genético. Por ser uma alteração genética, pessoas que já tiveram histórico da doença no círculo familiar devem redobrar o cuidado. Em caso de várias pessoas da mesma família terem desenvolvido o mesmo tipo de câncer, é preciso consultar um médico especializado (geneticista/oncogeneticista) para saber se a doença pode ser hereditária.

A metade das mortes causadas por câncer em todo o mundo é provocada por comportamentos que podem ser evitados. Para isso, é necessário ter um estilo de vida saudável e não ignorar as principais dicas de prevenção. Elas garantem maior qualidade de vida, fornecendo também proteção contra outros males.

Você já segue alguma dessas dicas dadas nos dois posts? Conhece outras dicas para prevenir o câncer? Compartilhe conosco.

Receba nossas novidades

Cuide bem da sua saúde. Inscreva-se em nossa newsletter e receba dicas de bem estar e cuidados para o seu dia a dia.Preencha os campos abaixo com o seu nome e e-mail.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *