Exames de saúde: 10 procedimentos fundamentais

Laboratório Silveira Dicas, Exames, Glicose, Hemograma 0 Comentários

Uma boa qualidade de vida inclui fatores genéticos, hábitos saudáveis e vários cuidados com a saúde. Fazer exames gerais anuais também é muito importante, já que possibilita a detecção de possíveis doenças em estágio inicial e aumenta as chances de cura ou um maior controle. Por isso, neste post você vai conhecer os dez procedimentos fundamentais para avaliar a saúde.

Hemograma

O Hemograma é um dos procedimentos mais pedidos pelos médicos por ser de fácil execução e muito útil para identificar ou controlar a evolução de algumas doenças. Por meio da avaliação dos níveis de diversos componentes do sangue, o exame consegue avaliar a saúde do paciente de uma forma geral, podendo identificar várias desordens no organismo, como:

– Anemia;

– Desidratação;

– Doenças renais, do fígado ou autoimunes;

– Infecções;

– Leucemia, dentre outras.

Glicemia

Esse exame mede a quantidade de glicose presente no sangue e deve ser feito em jejum. O resultado pode diagnosticar hipoglicemia, que é o nível baixo de glicose, e hiperglicemia, que é o excesso de açúcar no sangue. Além disso, esse exame pode identificar a diabetes, doença configurada pelo aumento crônico dos níveis de glicose e que atinge 16 milhões de pessoas no Brasil, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Lipidograma

Lipidograma é uma série de exames que determinam as dosagens de colesterol e triglicérides no sangue. O colesterol é um tipo de gordura presente nas células, fundamental para o bom funcionamento do organismo. É apresentado em alguns tipos (HDL, LDL e VLDL). Em altas quantidades, essa gordura pode facilitar a formação de placas nos vasos sanguíneos, causando obstrução e problemas cardiovasculares, como o infarto.

Urina

O exame de urina pode detectar problemas que afetam o sistema renal e urinário, além de aspectos sanguíneos que também possam indicar anormalidades. Os resultados podem identificar diabetes, infecções e outros problemas.

Siga nossas redes sociais e receba dicas rápidas que poderão lhe ajudar em todos os momentos.

Autoexame da pele

Esse procedimento simples pode ser feito pelo próprio paciente. Examinando a superfície da pele, ao detectar manchas que coçam, descamam ou sangram, além de feridas não-cicatrizantes e pintas que mudam de forma ou de cor, o médico dermatologista deve ser procurado. Se necessário, o médico solicitará a dermatoscopia digital, que é um exame mais detalhado e possibilita o diagnóstico e a prevenção do câncer de pele, que é o tipo mais comum no Brasil.

Eletrocardiograma e teste ergométrico

Solicitados por volta dos 20 anos e obrigatórios a partir dos 40, esses procedimentos analisam o ritmo cardíaco e identificam o entupimento das artérias, o que pode causar problemas cardíacos.

Papanicolau

Feito a partir da raspagem do tecido que reveste o colo do útero, esse exame deve ser feito desde o início da vida sexual da mulher. Possíveis alterações ou lesões podem indicar doenças relacionadas ao aparelho reprodutor e o HPV, a mais comum das doenças sexualmente transmissíveis.

Receba nossas novidades

Cuide bem da sua saúde. Inscreva-se em nossa newsletter e receba dicas de bem estar e cuidados para o seu dia a dia.Preencha os campos abaixo com o seu nome e e-mail.


Mamografia

A partir dos 40 anos, toda mulher deve fazer a mamografia. Em caso de câncer na família, a realização desse procedimento deve se iniciar por volta dos 35 anos. Esse exame permite uma análise detalhada das glândulas mamárias, averiguando alterações na região e o câncer de mama.

Toque retal e PSA

O exame de toque retal deve ser feito em homens a partir dos 40 anos. Se houver casos de câncer na família, os primeiros procedimentos devem ser feitos por volta dos 35 anos. O urologista examina a superfície da próstata. Já a dosagem do PSA, que é uma substância produzida pela próstata, é feita por meio de uma amostra de sangue. Combinados, os dois exames podem identificar o câncer de próstata, o segundo mais comum em homens.

Densitometria Óssea

Em pacientes com idade acima de 50 anos ou até mais novos, dependendo do histórico familiar, esse procedimento é realizado para medir a densidade e a integridade dos ossos, identificando a perda de massa óssea e a osteoporose.

 

Esses são os dez procedimentos fundamentais a serem feitos para ajudar a garantir uma boa qualidade de vida. Aqui no Laboratório Silveira, temos profissionais capacitados e equipamentos modernos para ajudar você a cuidar da sua saúde. Ficou com alguma dúvida sobre algum desses exames? Comente abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *